Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Caça Promoções

O dia a dia de um Blogger em que o seu Lifestyle é Partilhar e Poupar!

280 mil podem ficar sem abono

Andamos nós a tentar maximizar cada Euro, mas teima-se em cortar sempre nos mesmos. {#emotions_dlg.angry}!!

 

 

Noticia in:

 

http://www.paisefilhos.pt/index.php/actualidade/noticias/5823-280-mil-podem-ficar-sem-abono

 

 

"

O Fundo Monetário Internacional (FMI) sugere que se reduza o número de pessoas que têm direito ao abono de família, eliminando o atual 3.º escalão deste apoio. Esta é uma das “opções” possíveis para melhorar a relação custo-eficácia das prestações sociais, com as quais (sem contar com pensões) Portugal já gasta menos do que a média da União Europeia (UE), destaca o Público.

 

Atualmente, agregados familiares com rendimentos de 5869 a 8803 euros por ano ainda têm direito a abono de família. Se esta proposta avançar, deixam de ter. O que resultará, nas contas do FMI, numa redução de 280 mil beneficiários, o equivalente a 20,5 por cento do total no final de 2011, e numa poupança de 89 milhões de euros. O FMI não esquece que já foram introduzidas mudanças no abono — que resultaram numa redução de 467 mil beneficiários só entre 2010 e 2011, de acordo com as estatísticas da Segurança Social. Mas os peritos entendem que, como o apoio ainda abrange agregados que ganham mais do que o salário mínimo, “pode justificar-se” reduzir mais a abrangência da medida.

 

O relatório lembra que o atual Governo não tem previsto até ao momento mudar os critérios de elegibilidade do abono, em parte por causa das baixas taxas de natalidade do país. Mas sustenta que está por provar que os apoios às famílias, em dinheiro, aumentem as taxas de fecundidade. “Têm pouco ou nenhum impacto.” Uma família do 3.º escalão recebe, por um filho, cerca de 26 euros por mês."