Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Caça Promoções

O dia a dia de um Blogger em que o seu Lifestyle é Partilhar e Poupar!

Promoções Continente.Antevisão 50% Desconto Todos os Brinquedos

 

Olá, reconfirmei agora e até ao momento a promoção mantém-se nas datas que mencionei a semana passada :)

Promoções Continente.Antevisão 50% Desconto Todos os Brinquedos

Terça-feira, 22.10.13

 

foto do autor

50% Desconto em Todos os Brinquedos dias 9 e 10 Novembro

 

 

(Como sempre sujeito a confirmação em loja)

Para já é a data definida pelo "Tio B.", se mudar com estas concorrências todas, cá estaremos {#emotions_dlg.painatal}!

 

Provavelmente o Blog vai ter leitores da ASAE, LOL!

Bem se a ASAE ler o Blog e outros terá a "papinha" feita pois lá pensa que facilmente perceberá as acumulações e descontos.

 

O Passado mostra 2 coisas:

 

- O Consumidor adapta-se á realidade do momento ( logo existirá sempre a pesquisa aqui das melhores promoções)

 

- As Grandes Superficies sabem adaptar-se e normalmente "contra - atacam" com engenho e marketing.

 

 

Esta noticia sinceramente não alarma, apenas me torna ainda mais atento.

 

Boas Caças a todos.

 

 

 

in: http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=24&did=127369

 

"

Descontos em cartão e mega-promoções com vigilância apertada

Descontos em talão e mega-promoções vão ser vigiados pela ASAE

ASAE vai tomar as rédeas da fiscalização, de acordo com o novo diploma que deve entrar em vigor antes de 2014. Estão previstas multas avultadas
 
Governo quer limitar e regular promoções no comércio e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) vai passar a ser responsável pela fiscalização no sector da distribuição.
O novo diploma deve entrar em vigor até ao final do ano e prevê coimas avultadas para quem tentar contornar o decreto-lei. A ministra da Agricultura avisa que multas podem chegar aos milhões de euros.
Até aqui, a fiscalização era competência da Autoridade da Concorrência, que de acordo com a ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, não sentia particular vocação para o efeito.
Com a entrada em vigor do diploma, deixam de ser possíveis cláusulas abusivas nos contratos com os produtores que permitiam alterações de preços e passa a ser proibida a venda com prejuízos, abaixo do preço dos próprios bens.
Os descontos em cartão também vão ser alvo de fiscalização específica.
O diploma resulta do trabalho da plataforma de acompanhamento das Relações na Cadeia Agro-alimentar (PARCA), sob supervisão dos Ministérios da Agricultura e da Economia. "